Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A Liturgia da Palavra Dominical

por Zulmiro Sarmento, em 23.08.14

XXI DOMINGO TEMPO COMUM – FIDELIDADE À MISSÃO

 O Papa Francisco, na Evangelium Gaudium, afirma insistentemente que a missão é de todos e para todos. São todos os cristãos e não apenas os bispos e os sacerdotes que têm o dever de evangelizar. Mas, o anúncio do Evangelho dirige-se a todos os homens, qualquer que seja a sua fé, o seu trabalho humano, a sua posição cultural e social. Cada cristão, porém, tem o dever de conhecer bem a missão que lhe é confiada no Baptismo e como deve exercê-la ao longo de toda a sua vida. Evangeliza-se pelo testemunho, pelo estilo de vida, pela relação com os outros. Há, porém, que ser digno da vocação a que cada um foi chamado, para poder ser fiel às tarefas que a cada um são confiadas.

Os textos da liturgia de hoje fazem apelo a esta fidelidade. Porque Chebna, administrador do palácio, não era fiel, foi substituído por Eliacim. O novo administrador tem as funções definidas, acompanhar os habitantes de Jerusalém e da casa de Judá, ter as chaves da casa de David e provocar em todas as circunstâncias a glória de Deus. se é assim, em Isaías, em termos do Antigo Testamento, também no Novo Testamento a Pedro é confiada uma missão: “Tu és Pedro, sobre esta pedra edificarei a minha igreja.” E Jesus acrescenta ainda: “dar-te-ei as chaves do Reino dos Céus, tudo o que ligares na terra será também ligado nos céus” (Mt 16, 18?). Pedro é chamado a ser fiel ao projecto do reino que Jesus vem instaurar. Nem sempre conseguirá manter esta fidelidade em toda a sua exigência. Mas pelo arrependimento, levará até ao fim a sua missão. Jesus chegou a dizer-lho expressamente: “Tu, uma vez convertido, confirma os teus irmãos” (Lc 22?).

Para poder ser fiel a Jesus Cristo é preciso conhecê-l’O. Foi por isso que Jesus perguntou aos discípulos, quem diziam os homens que Ele era. A resposta reflectiu o pensamento do povo que considerava Jesus como Elias, João Baptista ou outro profeta. Jesus quis depois conhecer o que pensavam os seus discípulos e foi Pedro que se adiantou para fazer profissão de fé, dizendo: Tu és o Cristo, Filho de Deus. Mas não foi nem a inteligência, nem a sensibilidade de Pedro que o levaram a falar assim. A fé de Pedro era já um dom de Deus, a prepará-lo para a missão a realizar. Ao discípulo restava apenas ser fiel até ao fim para corresponder ao mandato que lhe era confiado. Pedro foi depois fiel até dar a vida por Jesus Cristo.

“Como é profunda a riqueza, a sabedoria e a ciência de Deus. Como são insondáveis os seus designios e incompreensíveis os seus caminhos.” S. Paulo tem razão ao falar assim das escolhas de Deus. Ele, o Senhor, compraz-se em escolher os “infirmamundi”, isto é, os que não prestam, para depois com o seu constante apoio os ajudar a ser fieis ao mandato que receberam. Cada cristão, desde o Baptismo tem uma missão a cumprir; é essencial ser-lhe fiel.

 

Monsenhor Vítor Feytor Pinto (in Revista LiturgiaDiária, ed. Paulus

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:46


formar e informar

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2014

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D