Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


«Passo a rezar»: projecto inédito combina oração, mobilidade e tecnologia

por Zulmiro Sarmento, em 18.02.10

Nas primeiras doze horas, site teve 30 mil páginas vistas. Ficheiros em mp3 querem chegar às pessoas «que julgam que não têm fé»

“Que este Deus que é próximo se faça realmente próximo”: este o principal objectivo do site passo-a-rezar.net, que foi apresentado esta Quarta-feira em conferência de imprensa, em Lisboa.
“Os números são absolutamente impressionantes: entre ontem à noite e hoje de manhã tivemos cerca de 30 mil páginas vistas”, referiu o jesuíta Francisco Martins ao pronunciar-se sobre o número de acessos nas primeiras doze horas.
O impacto do projecto, comprovado por notícias em diversos meios de comunicação social e pela presença, durante o encontro, de duas estações de televisão nacionais, superou as expectativas.
Esta “potencialidade mediática” é explicada pelo aparecimento de uma “forma nova” de rezar. “A ideia – explicou o religioso – tenta conciliar a oração pessoal com as novas tecnologias”, respondendo a uma “vida urbana contemporânea” marcada pela “mobilidade”. “Deus não está só nas igrejas”, assinalou Francisco Martins. “O lugar sagrado é o espaço que habitamos”.
Um projecto para pessoas «que julgam que não têm fé»
type=text/javascript> var so_855 = new SWFObject('/flash/player.swf','mpl','260','195','9'); so_855.addParam('allowscriptaccess','always'); so_855.addParam('allowfullscreen','true'); so_855.addParam('wmode','transparent'); so_855.addParam('flashvars','&file=/vids/bo/passorezar30s.flv&skin=/flash/skin_simple.swf&image=/imgs/bo/passoarezar_spot30s.jpg&controlbar=over'); comands.push("so_855.write('player_855');");
“Sentimos cada vez mais a fome de rezar. Há muita gente à busca de soluções onde não as encontra. Os ficheiros em áudio, o computador e a internet podem ajudar as pessoas que julgam que não têm fé a aproximarem-se, aos poucos, de Deus”, considerou o Pe. Dário Pedroso, responsável do Secretariado Nacional do Apostolado de Oração.
“Estou convencido de que há muita gente que não vai à missa, que não reza o terço e que só vai a Fátima como turista e que se pode sentir interpelada a ouvir” as músicas e os textos, afirmou o sacerdote jesuíta.
O número de páginas consultadas revela que há um potencial de crescimento em sectores da população que não estão explicitamente ligados à Igreja, como por exemplo jovens que não frequentaram a catequese nem receberam o sacramento do Crisma.
Uma oração, muitas opções de escuta
O site tem um desenho minimalista, favorecendo o acesso rápido e intuitivo aos conteúdos. Os visitantes encontram de imediato dez orações (cinco por semana), o que evita as consultas diárias à página.
Padre Dário Pedroso e Francisco MartinsOs conteúdos podem ser transferidos para um leitor digital de áudio, telemóvel, iPod ou outros equipamentos que possibilitem a audição de sons em formato mp3. As orações ficam guardadas nestes aparelhos ou no computador que as descarrega, possibilitando a sua escuta a qualquer hora. Nada impede que os utilizadores meditem nas palavras e músicas mais do que uma vez ao dia ou fora das datas para as quais foram concebidas.
Os ficheiros, de 10 a 12 minutos, começam por uma música, religiosa ou étnica. Após a leitura bíblica, habitualmente extraída do Evangelho, seguem-se as pistas de oração - “perguntas para a pessoa lançar e rever o dia com Deus”.
Além dos apoios de organismos da Igreja – ECCLESIA, Rádio Renascença e Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura – o projecto é sustentado pela colaboração voluntária dos locutores. Entre eles há dois profissionais de rádio e televisão. A escolha das vozes amadoras, por seu lado, resultou de um processo prévio de selecção.
Até à Páscoa, as meditações serão traduzidas do site inglês que inspirou o projecto (pray as you go). A partir dessa altura os textos serão assinados por religiosos da Companhia de Jesus em Portugal, bem como pelo Pe. José Tolentino Mendonça.
Nesta Quarta-feira, o número de visitas ultrapassou a capacidade do servidor que aloja a página, pelo que são esperadas algumas interrupções temporárias no acesso aos conteúdos.
Foto: Pe. Dário Pedroso e Francisco Martins durante a conferência de imprensa.
in ECCLESIA

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:36

A Bíblia e o telemóvel

por Zulmiro Sarmento, em 18.02.10

Já imaginaste o que aconteceria se tratássemos a nossa Bíblia da mesma forma que tratamos o nosso telemóvel? Se trouxéssemos sempre a nossa Bíblia no bolso ou na bolsa?

Se olhássemos para a Bíblia várias vezes ao dia?
Se voltássemos para ir buscá-la quando a esquecemos em casa, ou no escritório…?
 
 Se a usássemos para enviar mensagens aos nossos amigos?
Se a tratássemos como se não pudéssemos viver sem ela?
Se a oferecêssemos de presente às crianças?
Se a usássemos quando viajamos?
Se a fôssemos buscar, em caso de emergência?
 
            Ao contrário do telemóvel, a Bíblia não fica sem sinal. Ela” tem rede” em qualquer lugar.
            Não é preciso preocuparmo-nos com a falta de crédito, porque Jesus já pagou a conta e os créditos não têm fim. E o melhor de tudo: não cai a chamada e a carga da bateria dura toda a vida.
«Buscai o Senhor, enquanto se pode encontrar; invocai-o, enquanto está perto» (Isaías 55,6).
NELA ENCONTRAMOS ALGUNS “NÚMEROS DE TELEFONES” DE EMERGENCIA:
Quando estiveres triste, liga para João 14.
Quando as pessoas falarem de ti, liga para o Salmo 27.
Quando estiveres nervoso, liga para o Salmo 51.
Quando estiveres preocupado, liga para Mateus 6,19-34.
Quando estiveres em perigo, liga para o Salmo 91.
Quando Deus te parecer distante, liga para o Salmo 63.
Quando a tua fé precisar de ser activada, liga para Hebreus 11.
Quando estiveres solitário e com medo, liga para o Salmo 23.
Quando fores áspero e crítico, liga 1 Coríntios 13.
Para saber o segredo da felicidade, liga para Colossenses 3, 12-17.
Quando te sentires triste e sozinho, liga para Romanos 8, 31-39.9.
Quando quiseres paz e descanso, liga para Mateus 11, 25-30.
Quando o mundo te parecer maior que Deus, liga para o Salmo 90.
 
RECEBI ESTA RELAÇÃO DE TELEFONES DE EMERGÊNCIA E ACHEI POR BEM PARTILHÁ-LA COM OUTRAS PESSOAS; por isso, aqui a apresento. Regista-a na tua agenda: um destes” números” pode ser IMPORTANTE a qualquer MOMENTO da tua vida!!! E também pode acontecer que um destes “números” de emergência salve uma vida.
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00


formar e informar

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D