Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bento XVI convoca os cristãos para o “Ano da Fé”

por Zulmiro Sarmento, em 17.10.11


 «...decidi convocar um especial “Ano da Fé", que começará em 11 de outubro de 2012 – 50º aniversário da abertura do Concílio Ecumênico Vaticano II – e terminará em 24 de novembro de 2013, solenidade de Cristo Rei do universo. As motivações, as finalidades e as linhas diretivas deste Ano foram expostas em uma carta apostólica que será publicada nos próximos dias.
O Servo de Deus Paulo VI convocou um análogo “Ano da Fé” em 1967, por ocasião do 19º centenário do martírio os apóstolos Pedro e Paulo, durante um período de grandes mudanças culturais. Considero que, transcorrido meio século da abertura do concílio, ligada à feliz memória do Beato João XXIII, seja oportuno recordar a beleza e a centralidade da fé, a exigência de reforçá-la e aprofundar nela no âmbito pessoal e comunitário, e fazê-lo em perspectiva não tanto celebrativa, mas sim missionária, na perspectiva, justamente, da missão ad gentes e da nova evangelização.»
Bento XVI, Angelus 16.10.2011)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:14

...

por Zulmiro Sarmento, em 03.10.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:23

Media: Vaticano convoca bloguistas católicos

por Zulmiro Sarmento, em 20.04.11

 

Encontro marcado para o dia 2 de maio quer facilitar comunicação entre as duas partes

 

D.R.

Cidade do Vaticano, 08 abr 2011 (Ecclesia) – O Vaticano convocou um encontro de bloguistas católicos, no próximo dia 2 de maio, numa iniciativa conjunta dos Conselhos Pontifícios da Cultura e das Comunicações Sociais.

Em comunicado, os responsáveis pela iniciativa explicam que o encontro tem como objetivo “permitir um diálogo entre bloguistas e representantes da Igreja, partilhar experiências de quem trabalha diretamente neste campo e compreender melhor as necessidades desta comunidade”.

Os blogues, páginas da Internet da autoria de pessoas ou grupos (denominados «bloggers», bloguistas), são compostos por opiniões e notícias, em forma de texto e multimédia, frequentemente abertas à interação dos leitores através da publicação de comentários.

No Vaticano vão ser apresentadas iniciativas que a Igreja está a promover para “entrar em contato com o mundo” dos novos meios de comunicação.

Segundo o programa divulgado pelos Conselhos Pontifícios, os trabalhos do encontro vão estar abertos a uma “discussão geral” por parte dos participantes, incluindo um painel com cinco bloguistas, representantes de várias áreas linguísticas.

Outro painel vai oferecer testemunhos de pessoas ligadas à “estratégia comunicacional” da Igreja, com destaque para as iniciativas que visam assegurar “um compromisso efetivo” no mundo dos blogues.

Entre os presentes vão contar-se o cardeal Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício da Cultura, o arcebispo Claudio Celli, presidente do Conselho Pontifício das Comunicações Sociais, e o padre Federico Lombardi, diretor da sala de imprensa da Santa Sé.

Este encontro acontece um dia depois da beatificação de João Paulo II, aproveitando a previsível presença em Roma de vários bloguistas católicos, que se podem inscrever através do mail blogmeet@pccs.it.

OC

Agência ECCLESIA

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:48

No Estádio do Restelo

por Zulmiro Sarmento, em 08.02.11

A beatificação da irmã Maria Clara do Menino Jesus (1843-1899) vai ter lugar a 21 de Maio, no Estádio do Restelo, Lisboa, anunciou hoje a Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição (CONFHIC), fundada pela futura beata.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:42

Um milhão de pessoas... não é noticia?!!!!

por Zulmiro Sarmento, em 10.01.11
No passado dia 3 de Janeiro de 2011, na Praça Colon, em Madrid, foi celebrada uma Missa, na qual participaram, segundo os meios de informação espanhóis, um milhão de pessoas. A iniciativa, que se repete pela quarta vez, teve como tema A família cristã, esperança para a Europa, e foi promovida pela Diocese de Madrid.

Repito: participaram um milhão de pessoas! (E isto, usando como fonte um jornal nada católico como o El País).

E, no entanto, nos meios de comunicação social cá do burgo, nem uma referência, nem uma palavra. Se fosse um concerto de música, ou um jogo de futebol (o último jogo entre Barcelona e Real Madrid teve apenas 90 mil espectadores ao vivo), teríamos tido direito a directos, várias reportagens ao longo de mais de um dia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:58

2011 - Ano Europeu do Voluntariado

por Zulmiro Sarmento, em 06.01.11

http://www.voluntariado.pt/

 

A 27 de Novembro de 2009, o “Conselho de Ministros da U.E., declarou oficialmente 2011, Ano Europeu das Actividades Voluntárias que Promovam uma Cidadania Activa”.

Este “ano Europeu tem por objectivo geral incentivar e apoiar os esforços desenvolvidos pela Comunidade, pelos Estados-Membros e pelas autoridades locais e regionais tendo em vista criar condições na sociedade civil propícias ao voluntariado na U.E. e aumentar a visibilidade das actividades de voluntariado na U.E.”

Assim, esta semana sugerimos uma visita ao sítio do Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado (CNPV), que é o organismo responsável pela organização da participação nacional no ano Europeu.

Ao digitarmos o endereço http://www.voluntariado.pt, entramos no espaço virtual da entidade a “quem compete desenvolver as acções indispensáveis à promoção, coordenação e qualificação do voluntariado em Portugal”.

No item “CNPV”, ficamos a saber o que é este conselho, qual o seu enquadramento legal e quais as actividades que desenvolve e apoia.

Na opção “voluntariado”, podemos consultar a legislação e as normas legais em vigor, quais os projectos em funcionamento, saber mais acerca do voluntariado empresarial, e ainda, por exemplo, obter a definição legal de voluntariado. O decreto de lei diz que, voluntariado “é o conjunto de acções de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projectos, programas e outras formas de intervenção ao serviço dos indivíduos, das famílias e da comunidade, desenvolvidos sem fins lucrativos por entidades públicas ou privadas”.

Caso pretenda tornar-se um voluntário clique em “seja voluntário”. Aí pode descobrir onde é que se pode tornar voluntário, quais são os seus direitos e deveres e ainda obter alguns testemunhos interessantes, nomeadamente uma partilha bastante rica do Monsenhor Victor Feytor Pinto.

Estranhamente sobre o Ano Europeu do Voluntariado, não existe nenhuma área específica e os conteúdos que podemos encontrar sobre esta temática são ainda escassos.

No entanto, fica aqui lançado o repto de estarmos atentos aos eventos e actividades que certamente irão ser realizados ao longo de todo este ano.

Fernando Cassola Marques

in ECCLESIA

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:01

Novo recenseamento da prática dominical em 2011 em Portugal

por Zulmiro Sarmento, em 30.11.10

Iniciativa junta-se a inquérito sobre as atitudes e expectativas da sociedade portuguesa face à Igreja

A Igreja Católica em Portugal vai promover um novo recenseamento da prática dominical , em 2011, ano de Censos, “para poder responder com realismo aos desafios do mundo de hoje”.

A iniciativa, que aconteceu pela última vez em 2001, soma-se a um inquérito sobre as “atitudes e expectativas da sociedade portuguesa face à Igreja”, que será orientado pela Universidade Católica Portuguesa.

O presidente da Conferência Episcopal, D. Jorge Ortiga, admitiu, em conferência de imprensa, que a questão mereceu algum debate durante os trabalhos da assembleia plenária, que decorreu de 8 a 11 de Novembro, em Fátima.

Para o arcebispo de Braga, o inquérito “é “importante para ouvir as expectativas de cristãos e não-cristãos”.

As perguntas estão a ser preparadas na UCP e será esta instituição a percorrer “todas as Dioceses”, com o objectivo de ter “maior rigor”, durante o próximo ano.

Segundo o comunicado final da assembleia, os Bispos reflectiram “sobre o discurso que o Papa lhes dirigiu no passado dia 13 de Maio, em Fátima, e sobre o modo como a Igreja exerce a sua missão no mundo actual, enquanto dioceses, paróquias, movimentos de leigos e congregações religiosas”.

Desde há vários meses, recorda o comunicado, a CEP iniciou um movimento para “Repensar juntos a Pastoral da Igreja em Portugal”, com vista a “uma maior coordenação, fazendo uma caminhada sinodal, definindo prioridades e rentabilizando sinergias”.

 

ECCLESIA

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:37

Milhares na rua em defesa do casamento

por Zulmiro Sarmento, em 27.02.10

 

 
Manifestação em Lisboa contra alterações legislativas que equiparam uniões do mesmo sexo ao matrimónio

Lusa
MIlhares de pessoas, incluindo centenas de famílias, reuniram-se Sábado, dia 20, em Lisboa, numa manifestação em defesa do casamento e contra as recentes alterações legislativas que equiparam as uniões do mesmo sexo ao matrimónio, exigindo um referendo às mesmas.
“O Estado não é dono da família” ou “Queremos votar” foram alguns dos slogans repetidos pelos presentes onde se contavam ainda alguns sacerdotes e religiosas. Os manifestantes chegaram de vários pontos de país e encheram praticamente por completo as faixas centrais da Avenida da Liberdade.
Além de balões e cartazes, foi possível ver nesta manifestação bandeiras, alguns símbolos monárquicos, terços e várias imagens de Nossa Senhora.
A iniciativa é da Plataforma Cidadania e Casamento, que procurou capitalizar a “indignação” de milhares de portugueses.
Em declarações à ECCLESIA, Isilda Pegado, presidente da Federação Portuguesa pela Vida, destacou que o pedido de um referendo em nada vai contra a promessa eleitoral feita pelo governo de legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, porque "esta lei exige uma maioria mais alargada".
Depois de mais de 90 mil assinaturas terem sido entregues na Assembleia da República,esta iniciativa quer ser mais um passo para que os portugueses possam "definir a sociedade que querem", condenado "uma lei que ataca a família".
O ex-deputado António Pinheiro Torres disse, por seu lado, que a manifestação "está a corresponder à indignação que nós sentimos na sociedade portuguesa". Aos responsáveis dos órgãos de soberania, pede que ouçam esta manifestação, que qualificou como "um facto político importante".
Uma iniciativa como a deste Sábado, disse à Agência ECCLESIA, gerada apenas com a "mobilização da sociedade" e sem qualquer conotação partidária "só é possível pelo desejo de um referendo" e a vontade de "rafirmar a beleza da família e do casamento".
Já no palco montado nos Restaudores, perante os gritos de "homem e mulher" e "Família unida jamais será vencida", o socialista Cláudio Anaia manifestou-se "emocionado" com o número de pessoas que se reuniram "em defesa da célula da nossa sociedade, que é família".
"Viva a vida, viva a família, viva Portugal", gritou.
José Ribeiro e Castro, deputado do CDS-PP, falou da marcha como "um gerador" de iniciativas em favor desta causa. Após endereçar as suas condolências pelas vítimas do temporal na Madeira, em especial às "famílias enlutadas", falou da importância de "furar o cerco" político e mediático no debate sobre as uniões entre as pessoas do mesmo sexo.
"Casamento é homem e mulher. Esta lei é, por isso, uma usurpação da sociedade. O casamento não pertence ao Estado", atirou.
Na "festa da Família”, que concluiu a iniciativa, as diversas intervenções foram intercaladas por momentos musicais. Sofia Guedes, responsável por esta organização, destacou que os manifestantes contestavam o facto de "se estar a mexer num património universal que é o casamento".
Recorde-se que a esta iniciativa respondeu um conjunto de militares de Abril, entre os quais o General Garcia Leandro, que também interveio. Numa “carta aberta” subscrita por mais de duas dezenas destes militares, lamenta-se a recusa do referendo: “Vivemos agora uma nova ameaça à Liberdade. Desta vez uma conjuntura política, que nega o legítimo expressar da Soberania”.
Após a última reunião do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), o secretário deste organismo afirmou que a Igreja olhava com “simpatia” para a manifestação.
“A Igreja olha para esta movimentação com simpatia porque, seguramente, tudo aquilo que reforce os laços familiares e a estabilidade do casamento, do verdadeiro casamento, a Igreja aplaude”, precisou o Pe. Manuel Morujão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00

"Visita do Papa é para todos"

por Zulmiro Sarmento, em 26.02.10

 

Bispos esperam que a sociedade portuguesa saiba acolher o Papa

A Igreja Católica em Portugal espera que a sociedade saiba acolher Bento XVI, em Maio próximo, independentemente de "credos religiosos e ideologias".

Falando aos jornalistas após a reunião do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), em Fátima, o Pe. Manuel Morujão assegurou que o Papa tem um discurso "englobante" e que "todos são bem-vindos" para as iniciativas que marcam a viagem papal ao nosso país, de 11 a 14 de Maio.

Os Bispos decidiram não publicar, para já, uma nova nota pastoral sobre a visita, o que deverá acontecer no próximo encontro do Conselho Permanente da CEP, a 1 de Março.

Escolhido está o slogan: "Contigo caminhamos na esperança. Cristianismo, Sabedoria e Missão".

Segundo o secretário da CEP, esta mensagem de esperança quer contrariar a tendência para o "pessimismo", em especial numa altura de crise. A presença do Papa, acrescentou, visa promover "um Portugal melhor, uma Igreja melhor".

O Pe. Manuel Morujão assinalou que Bento XVI trará um "discurso que baixa à realidade", mas não espera "receitas concretas".

"O Papa situa-se a um nível profético da verdade e terá um discurso profundamente respeitoso", acrescentou, "sem proferir sentenças radicais".

Ainda esta Terça-feira foi anunciado o endereço do site oficial da visita, http://www.bentoxviportugal.pt/, no qual serão oferecidas informações sobre o Papa, documentação, material multimédia e dados relativos aos eventos da visita.

Todos os esforços serão feitos para promover a participação dos portugueses nas diversas celebrações (ver programa). Para o secretário da CEP, esta presença é um sinal de "solidariedade, sintonia, comunhão com o Papa".

Quanto aos encontros sectoriais (cultura, acção social, padres), este responsável adiantou que "ainda se está na preparação das listas" de participantes, condicionadas pela lotação dos espaços onde os mesmos irão decorrer.

Programa

A visita começa no dia 11 de Maio, com chegada marcada para as 11h00 de Lisboa, no aeroporto da Portela. Após cerimónia de boas vindas, no Mosteiro dos Jerónimos. Às 12h45, tem lugar uma visita de cortesia a Cavaco Silva, no Palácio de Belém, pelas 13h30. Pelas 18h15 inicia-se a celebração da Missa, no Terreiro do Paço.

No dia 12, Bento XVI reunir-se-á com figuras da cultura portuguesa, no Centro Cultural de Belém (10h00), e, ao meio-dia, receberá, na Nunciatura Apostólica, o Primeiro-Ministro José Sócrates.

A partida para Fátima, em helicóptero, está marcada para as 16h40. A chegada à Capelinha das Aparições acontece pelas 17h30, seguida de uma celebração com padres, religiosos, seminaristas e diáconos na igreja da Santíssima Trindade (18h00). A recitação do Rosário e a Procissão das Velas acontecem às 21h30.

No dia 13, pelas 10h00, o Papa preside à Missa. No final da cerimónia, Bento XVI visitará em privado o túmulo dos três Videntes de Fátima (Lúcia, Francisco e Jacinta).

Depois do almoço com os Bispos de Portugal, o Papa tem um encontro com os membros de "organizações da Pastoral Social", católicos ou não, às 17h00, na igreja da Santíssima Trindade, seguido de uma reunião com os Bispos do nosso país, às 18h45, na Casa de Nossa Senhora do Carmo.

Para além da Peregrinação Internacional Aniversária de Maio, em Fátima, o Papa marca presença na "Missão 2010", promovida pela Diocese do Porto. A chegada ao heliporto da Serra do Pilar, em Gaia, acontecerá pelas 09h00, seguindo Bento XVI para a Avenida dos Aliados, onde preside à Missa, às 10h15.

A despedida de Portugal acontecerá pelas 13h30, no Aeroporto Internacional do Porto, com uma breve cerimónia. O regresso a Roma está marcado para as 14h00.

 

in ECCLESIA

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00

Jornadas Bíblicas dos Açores

por Zulmiro Sarmento, em 23.02.10

 

As Jornadas Bíblicas dos Açores (JBA) decorrem nas ilhas Faial, Pico e Terceira, de 22 a 27 de Fevereiro, sob o tema “Estar no Mundo Sem se Ser do Mundo”.

O programa prevê abordar dois subtemas: «O sacerdócio de Jesus e o dos seus discípulos (JO 17)» e «O sacerdócio de Cristo: mediação e plenitude (HB 8, 1-10,18)», que serão expostos de igual modo, em todas as ilhas que fazem parte desse evento de cariz religioso, a cada um dos dias previstos.

Assim, as JBA irão realizar-se em primeiro lugar no Faial, no Polivalente dos Flamengos (a 22 e 23 de Fevereiro), seguindo-se o Pico, no Salão Paroquial de São Roque (dias 24 e 25); e a Terceira, no Salão da Casa do Povo da Ribeirinha (a 26 e 27), todos com início previsto às 20h00.

O conferencista será o Pe. João Alberto Correia, da Faculdade de Teologia de Braga.
 
in ECCLESIA

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00


formar e informar

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Passaram por aqui

web counter free



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D