Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


CADA COISA NO SEU TEMPO... TANTA SALGALHADA DE QUEM TEM FORMAÇÃO PARA TER BOM SENSO

por Zulmiro Sarmento, em 05.12.08

    

     Está cada vez mais na moda fazer-se as "celebrações" (?!) de Natal profanas e catequéticas dentro do chamado tempo do ADVENTO. Assim, jantaradas de instituições sociais, comerciais, culturais, de solidariedade social, começam logo nos inícios de Dezembro. Não têm os seus responsáveis formação litúrgico-pastoral e cristã, por isso não admira nada. O Natal para essa gente é comandado pelo comércio, pelas luzes estonteantes, pelas músicas de mensagem nenhuma a ensurdecer os ouvidos nas ruas e centros comerciais, pelos enfeites de gosto natalício duvidoso na ausência descarada do essencial cristão.

     O que revolta é a teimosia de catequistas e afins em combinarem "festas" de Natal no ADVENTO. Uma aberração sem palavras para a descrever. De facto, bem se podia afirmar: diz-me como e quando celebras o Natal e dir-te-ei que cristão és.

     Quanto à Catequese Paroquial, mão pesada e sem recurso, dos Párocos, têm posto a coisada no seu lugar devido e com algum êxito: dentro da Quadra Natalícia , que vai da Noite de 24 para 25 de Dezembro até à Festa Litúrgica do Baptismo do Senhor que acontece dentro das primeiras duas semanas de Janeiro. Tanto tempo, portanto, desperdiçado, que urge recuperar com mão firme e esclarecida iniciação litúrgica junto de alguns pobres de Cristo, que são tão sábios sobre os paramentos pretos e de crassa ignorância para as Cantatas de Natal, chorosas e sentimentais, em tempo do ADVENTO.

     Conheço um pároco que disse recentemente a um dito cujo que pensa que sabe tudo e opina sobre tudo: «por acaso o dia de Natal deste ano coincide com o dia 25 de Dezembro». Acho que o gajo queria uma Missa (festiva) de Natal na instituição que dirige, uns dias antes desse 25. Passa fora! Isto é mesmo de caixão à cova! Quando é que estes cristãos baptizados de meia tigela entram nos eixos!? E deixam de incomodar os Pastores com tolices acriançadas!?

     Espero que a Igreja que está no Pico ponha termo a estas aberrações dentro do Tempo Sagrado do ADVENTO: Cantatas dentro de igrejas, Missas com cânticos ditos natalícios, peças treatrais, Pais Natal, festas de Catequese, ...

     Para bem da verdade do que se celebra isto que cito atrás tem de acabar. Não deixando a bola de neve engordar demasiado tornando impossível controlar a enxurrada de mariquices histéricas no ADVENTO.

    No ADVENTO temos Isaías, João Baptista, Maria de Nazaré, a consciencialização da última Vinda de Cristo, a preparação interior e exterior do Natal Histórico, os Apelos à Vigilância, a Preparação dos Caminhos do Senhor, a Virgem, "sinal" de Esperança, o Convite à Alegria Cristã, a vivência deste Tempo em clima de oração porque o que esperamos só pode ser pedido humildemente e recebido como um dom, a "construção" da Coroa do ADVENTO, a predominância dos verdes - espera(ança) - nos arranjos, ...

     Fomentar, exercitar, fazer brotar dentro de nós o "Espírito Natalício" em clima de ADVENTO. Eis o segredo, talvez duma minoria.

     Não precisamos de outras TRETAS, deslocadas do seu contexto, para abafar o essencial!

     Veremos e denunciaremos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:52


6 comentários

De magdala a 06.12.2008 às 00:35

Quem tem ouvidos para ouvir que oiça!!!

De inha a 06.12.2008 às 14:32

Desde meados de Novembro que vejo Centros Comerciais e ruas cheias de luzinhas...e coisas tais...as jantaradas combinadas em todos os locais e muito mais como disse! Mas não será que durante muito tempo e senão ainda agora a culpa também não foi da Igreja (padres...)?! Durante algum tempo alguns padres eram os primeiros a organizar o dito jantar com as catequistas (sei de lugares que ainda é assim). Hábitos e costumes são muito difíceis de acabar com eles!!

De Zinha a 07.12.2008 às 21:36

Concordo de certa maneira com o que diz… Mas só é difícil mudar quem se gruda demasiado aos hábitos e costumes, mas a bíblia: O pão da palavra… não é uma moda.
É uma verdade.
E se dermos prioridade as coisas significativas da nossa vida…Descobrimos tantos excessos.
E com o passar dos anos, vemos que, o importante está dentro do nosso coração…
(Desabafo) com vontade de um mundo melhor: Mais Humano!

De Zinha a 06.12.2008 às 22:39

Há mais orelhas do que ouvidos… Mas com este valioso texto, tenho fé
na transformação do Natal..! ( Nascer de Novo ) …

De Anónimo a 08.12.2008 às 10:21

Sempre a inha e a zinha. É engano? Ou é mesmo assim?
Dá para duvidar...

De Zulmiro Sarmento a 08.12.2008 às 15:12

São duas pessoas diferentes e que não têm medo de dar a cara. A primeira de Portugal Continental e a outra do Brasil.
Para cabeças sujas...

Comentar post



formar e informar

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Passaram por aqui

web counter free



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D